terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Meu Medoo




O medo que sentia estava me consumindo aos poucos, minha mente estava totalmente embaralhada, meu coração não podia estar mais veloz, achava que não iria mas conseguir respirar, estava tremendo.Meu estado não poderia ser pior, olhavam para mim como se tivesse fugido do ospicio, aquela chuva só piorava, o medo me impedia de avançar e eu cedia muito facil deixando-o que controlasse a minha vida. Eu não tinha força mais para combater-lo então me restava desistir, desistir da minha felicidade, daquilo que eu tanto presava...

Um comentário:

Amanda Romero disse...

perdi a conta de quantas vezes já me senti assim... ._.